Publicado em 8 de março de 2019, por

Icon Aviation

A ideia de entrar para o ramo de aviação executiva surgiu do empresário Michael Klein, que usava sua frota própria para visitar lojas e centros de distribuição da Casas Bahia e fazer a expansão da marca, na época em que ainda era dono da varejista. Quando fez o acordo de associação em 2010, a frota ficou ociosa e ele resolveu fazer negócio e abrir a CB Air, que recebeu, em janeiro de 2015, a autorização para operar como Táxi Aéreo.

Da fusão da CB Air com a Global Aviation, em 2016, nasceu a Icon Aviation, que, com novos jatos e helicópteros, tem hoje a frota mais moderna e diversificada da América Latina. São 27 aeronaves, entre jatos e helicópteros. A infraestrutura em terra também é grande: a companhia possui 12 hangares, espalhados pelos aeroportos de Congonhas e Campo de Marte (São Paulo) de Sorocaba, Brasília e Santos Dumont (este, no Rio de Janeiro).

A variedade de aeronaves disponibilizada pelas principais empresas do segmento permite a locação desde um King Air B200, de grande flexibilidade para pousar em qualquer pista, mesmo de terra, um Gulfstream G550, jato intercontinental capaz de ir de São Paulo até Moscou sem escalas, até helicópteros biturbina, como o AW139, único homologado para táxi aéreo na América Latina.

Os serviços oferecidos pela companhia são diferenciados e exclusivos:

* Gerenciamento e administração de aeronaves – oferece a possibilidade de reduzir custos operacionais e potencializar a utilização da aeronave coordenando todos os seus voos;

* Hangaragem – investimento em infraestrutura, com conforto e privacidade, para que a experiência dos clientes seja sempre exclusiva e positiva. O serviço inclui: balizamento e recepção de aeronaves; fornecimento de fonte externa; abastecimento de água potável; equipamento para servicing dos banheiros; fornecimento de oxigênio e nitrogênio; sala VIP; salas de reunião; armários para documentação e ferramentas; lavanderia;

* Venda e aquisição de aeronaves;

* Atendimento de pista;

* Propriedade compartilhada (Fractional) – trabalha dentro da modalidade de táxi aéreo, podendo ser cotista (a Icon também se compromete com resultados do avião, com contrato e cláusula de saída).

Especialmente voltado ao mercado executivo, a Icon estabeleceu o programa Fly More, que permite a contratação de horas antecipadas, sem necessidade de adquirir e manter a aeronave. Outro serviço importante é o Fly With, de vôos compartilhados, no qual o interessado escolhe o dia, horário e destino da viagem por meio da central de atendimento ou via e-mail. O voo é confirmado conforme disponibilidade da aeronave e com a quantidade mínima de dois passageiros.

www.iconaviation.com.br

 

Leonardo AW119 Koala

O Leonardo AW119 Koala é um helicóptero monomotor a turbina de pequeno porte projetado para transporte executivo e semi-utilitário, de passeio e de turismo, criado, desenvolvido e fabricado em larga escala inicialmente na Itália, a partir da década de 1990. A aeronave é sustentada por uma turbina Pratt & Whitney PT6B com até 1.000 shp de potência para decolagem e tem capacidade para transportar um piloto e até sete passageiros em traslados dentro de metrópoles, pousando e decolando de helipontos e heliportos, e também para viagens intermunicipais. Ele atinge uma velocidade máxima de 267 quilômetros por hora e seu alcance é de até 995 quilômetros.

 www.leonardocompany.com

Crédito: Divulgação

 

Super King Air 350

Fabricado pela Beechcraft, este turbo-hélice foi concebido para atender à crescente exigência do mercado de jatos executivos na década de 90 por aeronaves eficientes e confortáveis. Sua fuselagem é alongada para transportar confortavelmente até 11 pessoas, dependendo da configuração adotada, com flexibilidade para pousar e decolar em pistas curtas, sem perda de qualidade de voo. Seu alcance é de 3.345 quilômetros.

O sucesso está associado ao conceito turbo-hélice – na época de lançamento já era equipado com a turbina PT6-A da marca Pratt & Whitney – com as características de maior velocidade e altitudes mais elevadas de cruzeiro.

O Super King Air é equipado com o moderníssimo sistema EFIS (Electronic Flight Instrument System) de navegação e com as telas PFD (tela primária) e MFD (tela multifuncional) na cabine de comando.

A cabine tem acabamento fino, com características pensadas para oferecer o máximo em conforto. Traz como equipamentos de série o sistema Venue, de gerenciamento de cabine, conectividade Wi-Fi e janelas eletrocrômicas, os quais somados aos reduzidos níveis de ruído e vibração, oferecem mais conforto aos passageiros e tripulantes.

www.beechcraft.txtav.com

Crédito: Divulgação

Gulfstream 650

Os engenheiros da Gulfstream firmaram uma parceria com um grupo de consultoria para projetar uma aeronave que definiria um novo padrão em viagens executivas, buscando mais desempenho em todos os aspectos. Com a longa asa do G650, redefiniram como o fluxo de ar passa pelas asas da aeronave, criando um aerofólio altamente eficiente que oferece velocidade e um voo incrivelmente suave.

O que a Gulfstream oferece no G650 é uma aeronave que voa a mais de 92% a velocidade do som por milhares de quilômetros com precisão de controle de voo fly-by-wire. A mesma inovação de design criou uma cabine mais silenciosa, confortável e repleta de tecnologias avançadas.

A cabine de 2,59 metros de largura, a maior em sua classe, ajuda a criar um ambiente primorosamente confortável para 19 passageiros. As 16 janelas grandes panorâmicas, cada uma com 71 x 52 cm, permitem a entrada abundante de luz solar na cabine. Cada janela foi reposicionada a uma altura mais elevada na fuselagem para maximizar o conforto de visualização.

Em um cruzeiro de longa distância com velocidade Mach de 0,85, o Gulfstream G650 voa 12.964 quilômetros (7.000 mn) sem escalas. Comparado com outros jatos de cabine grande, o G650 é pelo menos 30 minutos mais rápido voando entre Los Angeles e Londres.

pt.gulfstream.com

Crédito: Divulgação

Legacy 650

O Legacy 650 é um sofisticado bimotor executivo de médio porte e alcance intercontinental, de construção convencional em alumínio e ligas metálicas e com motorização turbofan, com capacidade para transportar com muito conforto 14 passageiros. Tem ótimo custo/benefício, uma autonomia aproximada de 8 horas e meia e uma cabine muito confortável, na qual pode-se até caminhar (tem 1,81 metro de comprimento).

Com a inovadora suíte de aviônica Honeywell Primus Elite™, o Legacy 650 proporciona as melhores condições técnicas para os pilotos. E, para os passageiros, foram adicionadas diversas ferramentas de negócios, entretenimento e relaxamento, como mesa de reunião, terceira zona privada, que pode ser configurada com dois sofás e lavatório extra (opcional).

Com três áreas de cabines distintas, o Legacy 650 possui a maior cabine, cozinha e lavabo em sua classe. O compartimento de bagagem é totalmente acessível durante o voo, garantindo que se tenha sempre em mãos tudo que quiser ou precisar. O sistema de gerenciamento da cabine é altamente intuitivo. Suas capacidades de conectividade perfeita e de alta definição, e Apple TV integrada criam excepcional experiência a bordo.

Crédito: Divulgação

CURADORIA DE:

José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil e da Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (ABEIFA), é também um apaixonado por aviões de qualquer porte e grande expert do assunto. Jatos, turboélices, monomotores (e também helicópteros)... ele conhece e adora, principalmente aqueles mais sofisticados.

ÚLTIMAS MATÉRIAS:


[ VEJA MAIS ]