Publicado em 17 de janeiro de 2019, por Patricia Zanotti

Moma Mia, localizado na esquina da Pedroso Alvarenga com a Manoel Guedes, com 130 metros e lugar para 48 pessoas, todo envidraçado e envelopado na cor dourada, tinha como ideia original ser um anexo do casa mãe (Modern Mamma Osteria), mas o projeto arquitetônico chamou tanta atenção, que a nova aposta dos chefs  é um bar com vasta carta de drinks e opções enxutas no cardápio.

 

Crédito:Divulgação

Para quem deseja tomar bons drinks em ambiente que reproduz um clássico tom milanês, extensa carta de drinks assinada pela consagrada bartender Talita Simões e 4 novos pratos criados pelos chefs a 4 mãos: arancini de funghi porcnini e açafrão com fonduta de parmesão de entrada, e principais como lasanheta aberta com ragu de carne, porcini fresco e queijo de cabra, gnhocchi de batata crocante com ragu de mignon e o colorido gnhocchi misto de açafrão, tomate e beterrada com creme de parmesão e linguiça curada.

No projeto arquitetônico assinado por Otavio de Sanctis, o retrato de Milão da década de 50: o dourado envelopa a casa trazendo a sofisticação e combina detalhes com mármore branco paraná de cor beje e rosada, estofado de couro e balcão do bar de madeira em cor natural. A cor verde esmeralda na parede de maior destaque e com pé direito alto onde ficam expostas as garrafas de bebidas numa estante cheia de objetos que remetem Itália, dá o tom que une elegância e ressalta sensações positivas de bem-estar, harmonia e equilíbrio.

Nossa ideia é oferecer um espaço arrojado onde o cliente é sempre protagonista, e pode escolher se fica nos drinks, se escolhe as opções do cardápio ou ainda, se deseja degustar algo do menu do Modern Mamma Osteria, tudo é possível, afirma Paulo Barros. Para Salvatore, o importante é seguir a linha da gastronomia tradicional italiana, com alta qualidade e preços acessíveis.


[ VEJA MAIS ]